Em 1930, um grupo de esportistas de iniciativa e boa vontade, organizou o Pelotas Golf Clube, que funcionou nos antigos terrenos pertencentes ao Derby Clube.

Apesar do esforço de seus criadores e fundadores, a organização teve vida efêmera. A iniciativa encontrou barreira fatal em 1936, no decorrer de 1944, entretanto, o espirito do Dr. Ricardo G. Pereira, retomou a campanha e a bandeira, quase abandonadas.

Auxiliado e estimulado por J. Gemmel, Dr. Francisco de Osório, C. C. Wright e outros abnegados, no dia 5 de outubro de 1944, Dr. Ricardo Pereira presidiu a reunião da Assembléia Geral que havia sido convocada por aquele grupo de valiosos golfistas, tendo sido aquela reunião declarada aberta pelo golfista S. M. Rothwell.

Nascia, então, o Clube Campestre de Pelotas, naquela mesma oportunidade foram aprovados estatutos, eleita e empossada a primeira Diretoria do Clube.

Ficou constituída:

Presidente – Ricardo G. Pereira

1° Secretário – S. h. Rothwell

2° Secretário – A. R. Ruddell

1° Tersoureiro – C.C. Wrigth

2° Tesoureiro – G. M. Gemmel

Conselho Fiscal: F.A. Lamb – R.K. Patrick e J. O. Connor

O início das atividades foi marcada pela prestimosa colaboração de Pablo Miguel, profissional de Porto Alegre Country Clube que marcou o traçado do campo.

Em 1948 foi eleito presidente o Sr. Boaventura Otero, o qual muito contribuiu para o desenvolvimento do Clube CAMPESTRE, tendo neste ano feito a compra das terras que em 1945 haviam sido demarcadas.

Em 1949 foi eleito presidente Dr. Franklin Olivé Leite o qual iniciou uma série de reformas em nossa sede social.

Seguiram-se então várias diretorias, cada uma delas realizando o máximo possível em favor dos associados.

Em 1958 assumiu o presidente Sr. Dirceu Portella, o qual realizou a obra das chamadas galerias, aumentando a sede social do clube.

No ano de 1960 assumiu a presidência Bento Fernandes de Barros, entre 1960 e 1964 o então presidente construiu, além de duas piscinas, para adultos e para crianças, a mais bela obra do clube até hoje: construção do lago do clube de golfe. Para a realização destes empreendimentos Bentos Barros contou entre outros com o inestimável apoio e consideração do Sr. Wilson Pereira.

Logo a seguir assumiu para a gestão 1964 a 1966 assumiu o presidente do clube Luiz Felipe Azevedo, e sob sua direção, foi contratado o prestigiado arquiteto Vitório Gueno e construiu o bar inglês cujas linhas permanecem até hoje.

Em 1972 a 1974 foram eleitos José Trilho Otero Jr., para presidente e Boaventura Azambuja Centeno Junior de vice-presidente, sincronizando perfeitamente no seu amor pelo clube, construíram o almoxarifado aumentando as dependências para o depósito de materiais e máquinas do campo, nova casa para o cadie máster, reformaram o galpão anteriormente construído pelo presidente Alcides Moraes, que construíram a belíssima churrasqueira na beira do lago, decorado pelo próprio presidente.

Em 1978 assumiu a presidência o golfista Leonardo Collares Talavera. Sob sua presidência foram construídas duas quadras de tênis, na época, as mais modernas da cidade. Talavera homenageou este espaço esportivo com o nome de José Trilho Otero Jr. (Tio Zeca). Em sua gestão foi contratado o arquiteto argentino Emílio Serra, que mudou todo o traçado da nossa cancha, reformando os greens dos buracos 2, 3, 4, 6, 7 e 8, e trocando o traçado dos buracos, 5, 6, 7 e 8. Talavera também contratou um novo profissional de golfe, que marcou época, o uruguaio Omar Torena. Com seu capitão de golfe, Luiz Carlos Protto e apoio do presidente da Federação Riograndense de Golfe, Boaventura Otero ( Tio Buca), organizou o 1° Campeonato Aberto da cidade de Pelotas

Em 1986 assumiu a presidência o Sr. Carlos Otaviano Brenner de Moraes, em sua gestão foi construído o bar das piscinas.

Em 1988 assumiu a presidência Luiz Reis com inestimável apoio e colaboração do golfista Ricardo Conrado foi construído uma cerca com telas até o green do buraco 4. Em sua gestão através do golfista Fernando Luiz Otero Villar, foi contratado o profissional Carlos Dluhosh, na época um dos 3 melhores profissionais do pais. Com desprendimento de Fernando Villar que arcou com seu salário durante 12 meses.

Em 1990 assumiu a presidência o golfista Sérgio Atrib, com o grande trabalho do capitão de campo Edson Coutinho foi implantado o sistema de irrigação de nossos greens.

Em 1991 assumiu a presidência o golfista Lauvir Barboza cuja gestão destacou-se pela construção de duas quadras de paddle.

Em 1992 na gestão do golfista Paulo Bojunga, o então capitão de campo Claudio Siqueira realizou uma grande obra em nosso campo de golfe, drenagem dos buracos 1, 4, 5, 7, e 8.

Em 1993 assumiu a presidência o Sr, Luiz Carlos Villar Neto, mais duas quadras de paddle foram construidas e foram iluminadas as quatro então existentes. A iluminação das mesmas contou com a colaboração do associado Armando Behrensdorf. Em sua gestão também foi criado o espaço Buraco 19.

No cinquentenário do Clube Campestre de Pelotas em 1994, assumiu a presidência Leonardo Talavera para comandar as festividades relativas a comemoração da data que incluiu o Torneio O Cinquentenário de Duplas e o famoso almoço do lago.

Em 1995 assume a presidência O Golfistas Octávio M. Otero Villar    ( Fanta), em sua gestão foi realizado o primeiro evento de nível nacional em nosso clube, 2° Interfederações Juvenil. Ainda sob sua gestão foi realizado o 2° evento a nível nacional o 7° Brasileiro Juvenil. Tal evento contou com a presença de grandes nomes da Confederação Brasileira de Golfe, entre eles, Camila Nardi Rocha e , Jesse Stanley Rinehart Jr. contou também com o jogador que no futuro faria parte do pgatour, Alexandre Rocha. Octávio construiu um novo tee no buraco 16 (deixando-o mais longo).

Em 2006 foi eleita a primeira presidente do Clube, a golfista Nóris Barboza, e em seu mandato é realizada a climatização do salão principal.

No ano de 2007 assume a presidência pela segunda vez Boaventura Lobo Centeno e em sua gestão coube a Otávio Gastal, vice- presidente, a construção de uma churrasqueira e climatização do Buraco 19. Coube também a reforma do banheiro masculino. Ainda nesta gestão foi adquirido um trator zero quilometro.

Em 2010 assumiu a presidência pela quarta vez o golfista Hugo Carlos Lang Filho, foi o terceiro evento de nível do Clube Campestre, 1° Interfederações Pré Senior e Senior (evento criado pelo paulista Mauro Batista e pelo pelotense Octávio Villar), com participação das delegações do RS, PR e SP. Guga presidiu o clube até abril de 2013 e em sua gestão foi adquirida uma máquina nova marca John Deere para o corte dos greens e realizado uma série de melhorias no campo, idealizadas e supervisionadas pelo golfista Octávio Villar (Fanta), como cross bunker e azar de água no buraco 5, um pequeno lago artificial a esquerda na altura do drive do buraco 9.

Em 2014, nos setenta anos do Campestre coube a Octávio M. Otero Villar ( Fanta) assumir pela segunda vez e comandar as festividades relativas que incluiu o Torneio de Setenta Anos de Duplas com participação de golfistas de todo o estado e um jantar que homenageou ex-presidentes, mulheres golfistas e grandes obras. O Fanta como é carinhosamente chamado pelos golfistas de todo o Brasil, com seu prestígio a nível nacional, carisma, capacidade de trabalho e dedicação, deu início a uma nova fase na vida do clube, imprimindo um novo ritmo na realização de eventos e execução de benfeitorias no campo de golfe e na sede social.

Foram realizados Torneios, dois Abertos da ABGS, 3 Abertos tradicionais, um deles em 2016, válido pela primeira vez na história do clube pelo ranking mundial e nacional, com a presença do 20° Amador do mundo, dois estaduais de duplas, dois Abertos Fenadoce, Aberto 70 Anos de duplas, Festa de Premiação da FRGG, 6 Interfederações Senior e Pré Senior. Foi criado a Tabuleta Aniversário do Clube de Duplas, Torneios por equipe e etc…

Também em sua gestão o grande trabalho dos associados Otávio Gastal e Élcio Schultz foi adquirido um novo parque para as crianças.

Outra marca de sua gestão tem sido o incansável trabalho de resgatar a história do clube e tentar preservá-la para as futuras gerações, através de registro em placas e quadros, recuperação de troféus, digitalização de fotografias e filmes, criação dos álbuns do clube, criação do espaço para guardar taças conquistadas e homenagens recebidas entre outras.

Em 2017 foi eleito para seu 5° mandato, 4° ano consecutivo o presidente Octávio M, Otero Villar, deu início a ampliação do salão principal do clube, com projeto assinado pelo arquiteto e golfista Sergio Oliveira, a quem coube também a execução da obra. Tal benfeitoria, além de criar um novo ambiente de quase cem metros quadrados, tornou o visual da sede mais bonito e imponente.

Mas falar sobre estes fatos não teria sentido sem enfatizarmos que o resultado de todo este trabalho gerou inúmeras conquistas e títulos nacionais e internacionais que levaram o Campestre de   Pelotas a ser reconhecido como um celeiro de campeões, um fenômeno golfístico quase inexplicável no Brasil segundo inúmeras publicações e a própria Confederação Brasileira de Golfe.

 

POR BOAVENTURA LOBO CENTENO…

Conheça os campeões do Aberto De Golfe De Pelotas

Ano Campeão Cidade
1978 R. Mechereffe Pelotas
1979 R. Davis São Paulo
1982 F. Etcheverry Uruguai
1983 R. Mechereffe Pelotas
1985 R. Conrado Pelotas
1986 O. Villar Pelotas
1987 R. C. Barcellos Porto Alegre
1988 R. C. Barcellos Porto Alegre
1989 A. Silva Santa Cruz
1990 O. Villar Pelotas
1991 O. Villar Pelotas
1993 O. Villar Pelotas
1994 O. Villar Pelotas
1997 O. Mechereffe Pelotas
1998 L. Conrado Pelotas
1999 R. Goes Porto Alegre
2000 F. Guimarães Torres
2001 V. Müller Rio Grande
2002 O. Villar Pelotas
2003 O. Villar Pelotas
2004 O. Villar Pelotas
2005 O. Villar Pelotas
2006 O. Villar Pelotas
2007 R. Conrado Pelotas
2008 F. Reis Pelotas
2009 O. Villar Pelotas
2010 A. Lang Pelotas
2011 R. Conrado Pelotas
2012 L. Conrado Porto Alegre
2013 A. Lang Pelotas
2014 H. Machado Livramento
2015 O. Villar Pelotas
2016 J. Alvares Uruguai